“Aqui na comunidade as crianças conhecem Mulala, mas não sabiam como usar”- professor Inácio

Entre as várias tarefas visíveis durante os trabalhos da brigada 4 de Outubro nas três frentes, ficou também marcante o empenho das médicas Daniela Carvalho e Elisa Grassi, dentistas que fizeram parte da frente de saúde. O trabalho que desenvolveram consistiu em tapagem de buracos, extração, escovação supervisionada e aplicação de fluor; valorização dos ensinamentos populares como o uso da mulala e palestras de prevenção.

A escola primária completa de Maswike acolheu uma das palestras. O evento contou com a presença de cinco professores e 150 alunos da primeira a quinta classe. O professor Noé Inácio foi um dos participantes e elogiou a iniciativa. “Gostei porque além de distribuir escovas de dente e pastas dentífricas, elas incentivam o uso da mulala. Aqui as crianças conhecem a mulala, mas não sabiam usar. Depois desta palestra acreditamos que vão usar com frequência”, disse Inácio.

A mulala é uma raiz utilizada nas comunidades rurais para fazer a limpeza da boca. É um importante recurso para garantir a boa saúde oral, conforme revelam estudos de actividade anti-infeciosa contra microrganismos da flora bucal, contrariamente a alguns tipos de pasta dentífrica e escovas de dentes.

Antes da presença da brigada 4 de Outubro, contou o professor Inácio, a escola primária de Maswike nunca recebeu uma palestra sobre saúde oral. Apenas acolhia palestras sobre a prevenção da Malária, Cólera e outras doenças comuns na comunidade. 

Além de palestras e cuidados de saúde oral para a comunidade, as dentistas com o apoio das colegas médicas, passaram conhecimentos básicos aos militantes da ADECRU, tais como a prevenção de doenças orais com recurso a mulala e produção de pomadas para o uso corporal e tratamento de doenças usando plantas medicinais locais.